junho 05, 2009

Mamma Mia!

Demorei pra ver. Mamma Mia! tem duas das coisas que me tiram a vontade de assistir um filme: ser um musical (geralmente na 3a música eu desisto) e ter um astro que não curto (neste caso, Meryl Streep - ok, eu sei que ela é ótema, mas...). Só ontem me animei em pegá-lo na locadora, ainda com a sensação de que seria tempo perdido. Não foi. Me diverti. De verdade. É uma história atrapalhada e engraçada, que faz a gente esquecer da vida e do tempo. Uma jovem e sonhadora noiva, filha de Meryl Streep, descobre através do diário secreto da mãe que existem 3 homens cujo romance sua mãe escondeu a vida toda. Ao se dar conta de que um deles pode ser o pai que nunca conheceu, ela envia uma carta à cada um, em nome da mãe, convidando-os para o casamento. Aí se inicia o musical que mescla diálogos com as músicas do grupo ABBA, cujas letras se encaixam com perfeição dentro do enredo. E de repente nos vemos cantando os grandes sucessos da década de 80 junto com os protagonistas: um bando de peruas, bem purpurinadas e cheias de pitis. O filme foi um estrondoso sucesso de bilhetria, e no Reino Unido só perdeu em público e vendas para o Titanic (irc). Mesmo tendo excesso de cantoria (não desisto), eu recomendo. E se bobear, vejo de novo.
;o)


Um comentário:

Jamile disse...

Menina, assitimos esse filme ontem à noite!! Olha só que feliz coincidência...
Eu já tinha visto, mas o Robson ainda não e, realmente é pra esquecer da vida e mergulhar nas músicas do ABBA.
Beijocas