outubro 26, 2008

Saindo do armário



5o anos após a morte de Frida Kahlo, seu guarda-roupa foi aberto e pesquisado por uma equipe de profissionais dos museus Frida Kahlo e Diego Rivera Anahucalli. As surpreendentes e coloridas peças ali encontradas - vestidos, espartilhos, batas, sapatos, entre outras - foram lavadas e restauradas antes de serem catalogadas e fotografadas para o livro "El ropero de Frida", lançado em 2007.


Segundo a coordenadora do projeto, Magdalena Rosenzweig, esse resgate histórico revelou não apenas a personalidade da artista, mas proporcionou uma nova visão sobre a vestimenta mexicana na valorização da arte têxtil desse povo.
Para quem não sabe, Frida comprava peças de várias regiões do México e de países latinos e gostava de participar de todo o processo de criação de suas roupas, feitas sob medida para seu corpo mignon e sofrido.



5 comentários:

Adriano Queiroz disse...

Os quadros da Frida, para mim, são muito fortes. Sinto um peso ali.
Adorei o filme.

Bjus.

Vinícius Rocha disse...

Que legal isso! :-D Muito legal!
Vou procurar este livro aqui...

beijos

Peter O' disse...

tô imaginando vc numa dessas roupas, principalmente olhando essa echarpe verde que é tua "fronte", rssss. bjusss.

Leo|mascaro disse...

Olha eu devendo uma visita por aqui!!

Confesso que não conheço quase nada da Frida, mas achei demais esta coisa do guarda-roupas!! Deve ser um livro bem interessante.

bjao!!

Nakano disse...

Nossa, eu quero essas saias e xales!