setembro 24, 2009

De La Mancha para a Paulista




(Fotos:ligiapin)
Exposição no Hall do Conjunto Nacional / Av. Paulista


Nunca tive a menor curiosidade em ler Dom Quixote. Lembro de, quando criança, ter visto um filme sobre essa que é considerada a criação máxima de Cervantes. Achei insuportavelmente chato, acho que fiquei com sequelas. Em princípios de maio de 2002, o livro foi escolhido como a melhor obra de ficção de todos os tempos. A votação foi organizada pelo Clube do Livro Noruegues e participaram escritores de reconhecimento internacional. T
alvez eu devesse me esforçar um pouquinho e tentar ler as maravilhas desse viajante sonhador. Talvez.


P.S.: As estátuas da foto são feitas com latas de alumínio e materiais reaproveitáveis.

Um comentário:

Vinícius Rocha disse...

Oi, Pin de mi corazón...

sabe que eu também nunca li o Quixote inteiro (algumas coisas são tão sumariamente chaaatas... hehehehe)Pero quiero leerlo en castellano!
Altas curiosidades sobre o livro, uma legal é que foi dedicada ao duque de Bejar (sabe de qual cidadezinha falo, né... )
bom, o Quixote é mágico, Cervantes escreveu e falou "Quixote" como nós, brasileiros pronunciamos e escrevemos,... pero, "sin embargo", a língua castelhana mudou e eles dizem Quijote (se proncuncia kirróte) jaja "no te jode?" ehhehe

Viva Cervantes que transformou em bufão todos os cavaleiros andantes e garbosos... (humaníssimo)

bjs