abril 19, 2009

Um parque para uma borboleta

Pra Vini e Sposito.
;o)


Ontem eu fui ao parque.

O dia estava lindo.

Todo mundo devia ter uma cota semanal de horas, só para ficar um tempo com a natureza.

Tem coisa melhor que o silêncio das árvores?

Só se for o barulho da água.


No caminho fui cruzando com outros seres.

Na verdade, famílias inteiras de seres velozes e barulhentos.
E desta vez "ele" se deixou fotografar... lindoooo!

Mas esta ida ao parque teve um motivo especial.

Escolher um lugar para deixar a Catarina. Então eu fui pro canto que mais gosto de ficar...

... onde tem um tronco sempre esperando pra ler junto com a gente.

A Catarina, inclusive, foi dentro do livro do Fernando Pessoa, devidamente instalada na página 85, cujo poema Vini sabiamente escolheu um dia.


Passa uma borboleta por diante de mim
E pela primerira vez no Universo eu reparo
Que as borboletas nao têm cor nem movimento,
Assim como as flores nao têm perfume nem cor.
A cor é que tem cor nas asas da borboleta,
No movimento da borboleta o movimento é que se move
O perfume é que tem perfume no perfume da flor.
A borboleta é apenas borboleta
E a flor é apenas flor.
(Alberto Caeiro)
Soprei a Catarina para o meio das flores.

Acho que ela vai curtir ficar ali.

Lugar bom de ler e pensar.

Depois fui andar pelo parque e tomar sorvete, feliz da vida!

E termino com as palavras que meu amigo Sposito escreveu num dos nossos emails:

"
Nós temos essas coisas: transferir coisas de nós para outros e isso é uma maneira de deixarmos de ser menos loucos... O mundo precisa muito disso, de muitas Catarinas para desanuviar a nossa mente e também fazer parte de nossos horizontes. Quando o dia chegar, vocês duas serão livres como sempre foram: ela com suas asas coloridas e você com suas fases doloridas - pórém, ambas muito belas."

(fotos:ligiapin)

3 comentários:

Vinícius Rocha disse...

Oi, Pin

isso é voo livre!

Vc teve um belo quebrar de grilhões feitos de pó e asas quebradiças de borboleta que não era só uma borboleta... só pra contradizer o contraditório e lindo Pessoa.

Nacho disse...

Muito linda a historia... tudo sentimento! e mais con as fotos que fazen conhecer o ambiente. Espero vc esteja muiiiiiito bem. Beijossss

Andresa disse...

delicado...