dezembro 14, 2008

Conte comigo



O conto "The body" (Stephen King) inspirou um dos meus filmes favoritos da Sessão da Tarde da década de 80: "Stand by me" ou "Conte comigo". Dirigido por Rob Reiner e com um elenco de talentosos adolescentes, o filme é uma mistura de drama e humor que fazem o espectador sorrir, se divertir e refletir sobre pequenas coisas da vida.
A história, narrada pelo escritor Gordie Lachance, é um flash back de sua adolescência na pequena cidade florestal de Oregan. Ele e três amigos vivem uma aventura inesquecível quando decidem ir à busca do corpo de um adolescente desaparecido. O filme se desenrola nos dois dias em que passam nessa viagem de descobertas com experiências inusitadas.

Corey Feldman, Jerry OConnel, River Phoenix e Wil Wheaton

"Stand by me" se torna especial na medida em que descobrimos, pouco a pouco, a personalidade de cada adolescente, seus traumas e a forma como cada um lida com isso. Gordie (Wil Wheaton) é sensível e desde cedo encanta os ouvintes com histórias mirabolantes. Chris (River Phoenix) é um menino com problemas familiares, mas esconde sua infelicidade sendo durão. Teddy (Corey Feldman) é destemido e Vern (Jerry OConnell) o covarde e cômico da turma.


Há particularmente, duas cenas inesquecíveis: quando eles vão atravessar a ponte e um trem se aproxima....

.... e a do "Bola de Sebo", personagem de uma das histórias que Gordie conta aos amigos ao redor da fogueira. O concurso de tortas é nojento, engraçado e marcante.
É um filme
para ser visto mais de uma vez, relembrar com carinho e guardar pra posteridade. Para ver o vídeo com a trilha original, clique aqui.

Curiosidades da Wikipédia:
* A história remete claramente a uma fase da vida de Stephen King: seu irmão morto em um acidente de carro, o fato de o personagem principal ser um escritor famoso quando velho, e diversas outras metalinguagens pessoais.
* O ator Corey Feldman e o diretor Rob Reiner testaram mais de trinta diferentes risadas para o personagem "Teddy Duchamp", a fim de que ela se parecesse o máximo possível com a descrição apresentada no livro de Stephen King.
* Os nomes de todas as cidades citadas em Conta comigo, com exceção de Castle Rock, são homenagens a lugares reais do
Maine, estado onde Stephen King viveu quando criança.
* Antes de Richard Dreyfuss ficar definitivamente com o papel do escritor, diversos atores foram chamados para o papel, sendo que um deles chegou a gravar diversas cenas que tiveram que ser regravadas.

p.s.: se alguém encontrar o dvd à venda, por favor, me avise.

4 comentários:

Vinícius Rocha disse...

:-) legal!
Bateu curiosidade pra saber como era a gargalhada escrita do Teddy Duchamp. Qdo eu começar a ler Stephen King, "The body - Fall From Innocence" vai ser o primeiro...

Andresa disse...

Dei de dia dos Pais para o Roque este ano... é um dos preferidos dele.
Beijos

Andrea Savoia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andrea Savoia disse...

Hahahahaha Bola de Sebo!!!!
Rimos muito!!