outubro 05, 2008

Visita


Já gozei de boa vida
Tinha até meu bangalô
Cobertor, comida
Roupa lavada
Vida veio e me levou
Fui eu mesmo alforriado
Pela mão do Imperador
Tive terra, arado
Cavalo e brida
Vida veio e me levou
Hoje é dia de visita
Vem aí meu grande amor
Ela vem toda de brinco
Vem todo domingo
Tem cheiro de flor
Quem me vê, vê nem bagaço
Do que viu quem me enfrentou
Campeão do mundo
Em queda de braço
Vida veio e me levou
Li jornal, bula e prefácio
Que aprendi sem professor
Freqüentei palácio
Sem fazer feio
Vida veio e me levou
Hoje é dia de visita
Vem aí meu grande amor
Ela vem toda de brinco
Vem todo domingo
Tem cheiro de flor
Eu gerei dezoito filhas
Me tornei navegador
Vice-rei das ilhas
Da Caraíba
Vida veio e me levou
Fechei negócio da China
Desbravei o interior
Possuí mina
De prata, jazida
Vida veio e me levou
Hoje é dia de visita
Vem aí meu grande amor
Hoje não deram almoço, né
Acho que o moço até
Nem me lavou
Acho que fui deputado
Acho que tudo acabou
Quase que
Já não me lembro de nada
Vida veio e me levou

O Velho Francisco
Chico Buarque
(adoro!)

3 comentários:

Ana Carolina Lima Braga disse...

Chico é tudo de bom! ;)

Adriano Queiroz disse...

Lígia, acabei de ler uma indicação tua em outro blog sobre o blog "Haja Saco", dei uma fuçada e achei bem interessante. Depois vou lê-lo mais.

Chico é o cara.

Abraços.

Vinícius Rocha disse...

O Chico é um gênio! Mas sabe q esta musica tem cheiro leve de "Joao e Maria"? Bom, pra mim o tem.

Vou pegar meu bodoque e ensaiar um rock para a matinê ... (amanhã grande encontro com uma professora ávida por relatórios jurídicos!)

BEIJOS